O Clube do Himalaia

O poder dos ritos tibetanos

por Admin


Criado em 17/10/2017 Editado em 30/10/2017


No livro A fonte da Juventude, de Peter Kelder, o coronel Bradford relata no último capítulo, em uma carta escrita para o Clube do Himalaia, o poder da mente e do controle mental através de técnicas que aprendeu com os lamas tibetanos.

Ele comenta brevemente a sutil diferença entre Mantra e Mantram.

"Há uma sutil diferença entre as palavras mantra e mantram. Ambas derivam de um vocábulo sanscrítico que significa instrumento do pensamento. A diferença é a seguinte: o mantram é um instrumento vocalizado do pensamento, ao passo que o mantra é silencioso."

O coronel explica que o que comumente chamamos de subconsciente no ocidente é conhecido como superconsciente pelo lamas tibetanos. O resumo de seus ensinamentos pode ser descrito assim:

"...o superconsciente é um servo prestativo e diligente, a quem vocês dão ordens por intermédio de seus padrões de pensamento. Toda vez que têm um pensamento, vocês dão uma ordem. Seu servo obedece manifestando o pensamento no mundo físico, onde ele se transforma nas coisas e nos fatos da sua vida."

E seguindo adiante em seus ensinamentos ele recomenda uma exercício. Escreva uma lista das coisas que você mais deseja. Anote depressa todos os desejos, tudo que lhe vier à mente. Examine a lista de desejos e gratificações e procure algumas palavras ou uma frase para resumir. Separe seus desejos em agrupamentos. Por exemplo: desejar uma casa melhor, um carro ou um novo guarda-roupa pode ser resumido em abundância e prosperidade.

Após ter elaborado uma frase que resuma os seus desejos, dê uma ordem direta e positiva. Por exemplo: "Eu exijo felicidade, poder e prosperidade já." Quando você dá a ordem em voz alta, ela se transforma num mantram ou, num lema a que você pode recorrer para estimular o seu superconsciente a agir.

Repita o seu mantram com confiança antes de dormir, ao acordar, quando se olhar no espelho. Sinta o poder de sua voz e fale como se estivesse dando uma ordem a um gênio mágico disposto a atender todos os seus desejos. E durante os afazeres do dia a dia é importante prestar muita atenção em tudo o que pensa e diz. Pensamentos negativos são capazes de dar ordens contraditórias e anular a força positiva do seu mantram. Ao detectar um padrão negativo, pare, respire fundo e repita novamente em voz alta o seu mantram com convicção.

Este é o segredo dos lamas tibetanos descrito pelo coronel Bradford que passou anos vivendo entre os monges tibetanos e provocou uma profunda mudança em sua própria vida.


Links relacionados:
mantram mantra himalaia tibetano Tibet monge mente superconsciência vida
Procurar no Site

 

Categorias
Mandala Personalizada
Mandala personalizada com base na numerologia da sua data de nascimento.
Quero fazer minha Mandala